Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2007

Artigo para publicar num jornal local

 Será fugindo dos problemas que estes se vão resolver?

 

Nós, alunos do 12º ano no âmbito da disciplina de Área de Projecto, estamos a participar no concurso “Cidades Criativas” que tem como principal objectivo a valorização de um local da nossa cidade. O lugar escolhido foi o jardim do Largo Mártires da Pátria, porque este nos diz muito e precisa de ser valorizado.

  Em Abril de 2003 a Câmara Municipal de Ponta Delgada inaugurou o jardim no Largo Mártires da Pátria, que até à data era um parque de estacionamento, junto à Escola Secundária Antero de Quental.

  O aparecimento do jardim foi bem aceite pelos alunos, e a frequência deste passou a ser uma constante no quotidiano do estudante do “Liceu”. Ao toque da campainha, grupos de estudantes dirigiam-se para fora do portão sul da escola, com o intuito de “ocupar” um espaço que, apesar de pertencer a toda a cidade, a pouco e pouco tornava-se da comunidade escolar.

  Os risos, as caras felizes, os casais de namorados, os grupos de amigos, o toque do violão e as bolas davam vida ao antigo parque de estacionamento e descanso à mente do aluno. Passados alguns meses, o jovial jardim passou a atrair não só alunos mas também utentes com hábitos duvidosos.

  Indivíduos com aspecto estranho começaram a provocar insegurança nos alunos e nas pessoas que faziam do passeio pelo jardim uma rotina diária. Mas, “Quem vê caras, não vê corações”, e a presença e a aparência dos novos frequentadores não eram suficientes para julgamentos precoces. Passados alguns meses, a sentença estava pronta para ser lida: a circulação de grandes quantias de dinheiro, a passagem de droga e mesmo o consumo desta foram as principais provas que apoiaram o julgamento dos alunos e das pessoas que passavam pelo jardim. As brigas constantes também contribuíram para a insegurança crescente dos frequentadores mais antigos. O receio dos alunos rapidamente se estendeu aos encarregados de educação, o que levou a apresentarem as suas preocupações, ao conselho executivo.

  De modo a salvaguardar a segurança dos alunos e a diminuir as preocupações dos pais, os portões anexos ao jardim foram encerrados, limitando os alunos a saírem pela porta mais pequena e a horas definidas pela escola.

  Mediante o fecho dos portões da escola, os alunos da Antero de Quental elaboraram uma petição com o objectivo de manifestar o seu descontentamento. As principais razões do mesmo foram: o horário restrito das entradas e das saídas (8h:00/9h:00; 13h:30/14:45; 16h:00/17:30), o que, consequentemente, leva a atrasos por parte dos alunos que começavam as aulas quando os portões estavam encerrados; a perda de autocarros devido à grande volta que se tem de dar para sair da escola; os alunos cujos encarregados de educação autorizaram as saídas da escola durante o horário escolar, ficaram prejudicados uma vez que as idas à farmácia, ao supermercado ou tomar o pequeno-almoço fora da escola foram limitadas. O sentimento de “aprisionamento” foi o factor que mais os revoltou. Apesar da petição apresentada pelos alunos e dos argumentos expostos o conselho executivo manteve a sua decisão.

  O objectivo deste artigo é apresentar soluções para a valorização do jardim e, de certa forma, permitir a “liberdade” dos alunos e o bem-estar das pessoas que anteriormente passavam pelo jardim.

  Algumas das sugestões que pretendemos apresentar são: a melhor iluminação do jardim durante a noite, a patrulha por forças da autoridade durante o dia e a noite, a instalação de um quiosque (venda de revistas, jornais, etc), actividades ligadas ao departamento de artes da escola e por fim a abertura dos portões da escola, porque não é fugindo dos problemas que estes se vão resolver.

 

 

 

 

tags:

publicado por ac2m às 18:41
link do post | comentar | favorito

.mais sobre o nosso grupo


. Ver o nosso perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
27
28
30
31


.posts recentes

. Chegamos ao fim...

. ...

. Título

. Coliseu Micaelense

. As Romarias

. As nossas sugestões no qu...

. Gastronomia Tradicional M...

. Teatro Micaelense

. Dia dos amigos, amigas, c...

. O Senhor Santo Cristo dos...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs
SAPO Blogs